Storytelling – Criando Histórias que vendem em 5 Minutos

Storytelling – Criando Histórias que vendem em 5 Minutos 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Storytelling Eficaz

Histórias que vendem O manual para iniciantes

storytelling eficaz histórias que vendem

storytelling eficaz explicação

O Storytelling eficaz é uma arte fina e bela. Utilizada por grande maioria das empresas. Através de uma história bem desenvolvida e apresentada é possível cruzar as barreiras da idade mantendo o interesse e atingindo seus leitores ou ouvintes. Quem domina a arte de contar histórias será lembrado por muito tempo, gerando uma autoridade, carinho e aproximação do leitor. Conhecer e aplicar os conceitos básicos do Storytelling irá gerar aceitação para suas histórias e assim melhorar o engajamento com seu público.

Por isso é tão importante saber contar histórias que se vendem sozinhas.

Você é muito bem-vindo para compartilhar com seus amigos esta postagem, e ajudar outras pessoas nessa coisa maravilhosa que é contar Histórias vendem de uma forma envolvente e divertida. Lembrando que este guia serve tanto para Histórias em Vídeo, por escrito ou até pessoalmente (palestras).

 

Encontre as histórias Certas que vendem:

Existem muitos tipos de histórias que você pode trabalhar na seu negócio. É recomendado que você comece com contos simples, com elementos simples, que demonstre a jornada na vida de seu personagem, os passos e problemas que ele trilhou ate chegar no seu apse e então se tornando um vencedor.

Com o tempo, você provavelmente vai encontrar muitos tipos de contos que lhe interessam pessoalmente e assim irá saber o padrão de uma história de sucesso. Você pode se basear em vários tipos de histórias, se baseando nelas para criar as suas próprias. E isso tudo é para você conseguir ter a capacidade de improvisar e contar suas próprias histórias adaptando-as para seu nicho de mercado ou por hobby mesmo. Só não esquece que esta maneira de entregar conteúdo é imensamente receptiva e que te faz obter uma aceitação gigante gerando Autoridade e consequentemente mais vendas então foque em qualidade.

Você pode adaptar diversas histórias, incluindo: contos populares de diversos países e culturas, contos de humor, contos de fadas, mitologia, lendas, contos de heróislendas urbanas, bíblicos e religiosos, histórias literárias e …,(E por quê Histórias?) Com o tempo e experiência você vai querer experimentar uma variedade de histórias criando um modelo comum que se identifique com você ou talvez até mesmo se arrisque em contar suas próprias histórias pessoais ou dando Improvisadas.

infografico Storytelling eficaz criar histórias

__________________________________________________________________________________________________

Características de uma boa história:

  • Um único tema, claramente definido
  • Um enredo bem desenvolvido
  • Design: Imagens vívidas, Títulos chamativos, cores agradáveis.
  • Caracterização
  • Apelo dramático
  • Adequação aos ouvintes

Adaptação à sua audiência:

Um dos maiores objetivos de quem conta histórias é sempre focar no seu público, criar histórias agradáveis que façam o seu leitor ficar entretido do inicio ao fim é uma ótima maneira de criar uma audiência escalável e exponencial. O público tem um papel muito importante na narrativa – pois suas mentes são a tela na qual o narrador pinta seu conto (Um bom Storytelling deve envolver muita interação entre narrador e ouvinte). Quando você domina bem o seu público e aprende o que eles gostam de ouvir, você saberá como criar histórias que vendem qualquer coisa. Isso é o que as maiores empresas do mundo utilizam para persuadir e vender. Por isso é tão importante saber contar histórias que se vendem sozinhas.

Ultimamente as pessoas tem perdido o interesse em ouvir uma história. Devido a tantas formas de se “Divertir” muita gente tem perdido a habilidade de seguir a história com sua mente (Criar uma animação mental). Storytelling tornou-se mais difícil. A atenção e concentração da maioria das pessoas atualmente é difícil de conseguir. Por isso é obrigação do narrador dominar a arte de uma redação persuasiva e bem elaborada. Não precisa ter palavras difíceis, mas necessita ter um desenvolvimento envolvente que faça o leitor não querer parar de ler até o fim. (ou ouvir/ assistir).

Obs.: As pessoas ultimamente parecem precisar de um estímulo visual maior para prestar mais atenção. Complemente sua história com Imagens, vetores, infográficos e dentre outros, aposte no visual de sua obra-prima que você vai longe.

Leia também:7 Melhores Maneiras de Vencer a Procrastinação

  • Faça o leitor se sentir o mais perto da história, que puder.
  • Seja breve e simples.
  • Estimule os sentidos dos leitores.
  • Descreva os personagens e cenários, e ajude-os a simpatizar com os sentimentos da personagem. Faça o leitor se identificar com o personagem e com a trama.
Storytelling é uma tarefa compartilhada entre o contador de histórias e história para os ouvintes, - é a interação dos dois que faz uma história ganhar vida!

Preparação:
Uma vez que você entrar em uma história, saiba que você terá que fazer os leitores ou ouvintes ficaram fixados em sua história você vai deverá querer passar muito tempo com ele. Vai demorar um período considerável de tempo e uma série de narrativas antes de uma nova história torna-se o seu próprio.

  • Crie ou conte uma história pessoal os passos que você decorreu durante sua vida, sua jornada, mostre suas dificuldade e como você deu a volta por cima e obteve seu sucesso.
  • Analise o seu apelo, mostre para seu publico exatamente o que quer que eles sinta, seja um amigo sincero que deseja ajudar.
  • Traga sua história à vida dos leitores faça os personagens entrarem na história fazendo com que eles sintam como se a história, trama, drama fossem suas própris vidas.
  • Crie sua persona Esse personagem será você ilustrado na sua história, uma pessoa comum com problemas comuns e como ele mudou sua perspectiva de vida com um treinamento especial, coaching ou curso. 

Conte a história como um todo e não só fragmentos .

  • Mapeie a linha da história: O Começo , que prepara o palco e apresenta os personagens e conflitos; o corpo , em que o conflito se acumula ao Climax ; e a resolução do conflito. Observe como a ação começa, como ele acelera, repetições em ações e como e onde as transições ocorrem.
  • Absorve o estilo da história: Para manter o sabor original e vigor, aprender as frases características que se repetem ao longo da história. Observe a estrutura da frase, palavras e expressões incomuns.
  • Diga sempre coisas reais sobre sua história: Você precisa ser sincero consigo mesmo em sua história, pois assim os leitores irão acreditar nela também. Por incrível que pareça quando você não diz a verdade, quem está ouvindo sempre consegue detectar uma mentira.
  • Desenvolva a emoção e empatia na sua história: Comova, mostre que você teve problemas, passou por dificuldades também, que você é um Ser Humano. Use os 3S’s :

> Cative com simplicidade: Você não precisa ser arrojado com as palavras, seja simples para um bom entendimento, você não quer falar grego, não é? rsrs.

> Sinceridade: Ponha todos os pingos nos “is” não deixe pontas soltas, seja sincero e verídico… Nada de falsas promessas ou falsos resultados.

> Simpatia: Ganhe a simpatia das pessoas juntando sua simplicidade e sinceridade, com o bom-e-velho-humor, você não imagina como um sorriso pode ser bom para engajamento de primeira com sua audiência.

Pratique a história muitas vezes – para o espelho, para o seu cachorro, seu gato, dirigindo seu carro, com os amigos, para sua vó ou a quem quiser ouvir. Você deve usar a imaginação e todas as habilidades de um Narrador para fazer sua história viver. Use sua imaginação para fazer a história ganhar vida.

Dê a seus personagens personalidades … viva a história com eles … conheça e sinta suas emoções …
respire o ar de vida para eles, até que eles se tornam tão comovente para você. Se convença
Se você está convencido – seus ouvintes também estarão.

Elementos de entrega:

  • Sinceridade e toda descontração(Seja sincero!),
  • Entusiasmo(Isso não significa emoção artificial ou ruidosa),
  • Animação(em seus gestos, voz, expressões faciais)
  • Conselheiro(Seja um amigo conselheiro, que quer o sucesso do seu leitor)

Histórias são mais interessantes quando há animação e variedade na voz do narrador.

Começando uma história:

Storytelling é o melhor feito em um ambiente descontraído livre de distrações. O público deve estar confortável e bem próximo.

Storytelling tradicionalmente começa com um “Era uma vez …” e depois uma pausa silenciosa de um contador de histórias para reunir seus pensamentos. Existem muitos inicios de histórias dos quais muitas , eram “rituais” que servira como um sinal de suspensa para abastecer a curiosidade de quem ouve. Aguçar a curiosidade é o segredo para prender a atenção e transportar ao público um mundo de imaginação e brincadeiras, mesmo que sua real intenção seja vender, ou qualquer coisa parecida, nunca deixe de ser divertido e criativo. Há alguns posts na internet exemplos que demonstram como Iniciar e Terminar uma história de forma criativa e divertida aliada a negócios digitais e funil de vendas.

Alguns detentores de atenção:
Muitos fatores afetam a atenção de seus ouvintes. Um contador de histórias sempre precisa ser sensível ao seu público saber o que eles sentem e precisam (necessidade + emoção) as únicas coisas que motivam o ser humano. Saber disso pode ser necessário para recuperar a atenção de sua audiência, se por algum motivo perder. Na hora de contar histórias que vendem você precisa:

  • Envolvimento ou participação. Utilize pessoas que você conhece ou que já passaram pelos mesmos problemas que você e o que eles fizeram para vencer e como fizeram. Use eles para agregar valor à sua história, a opinião de pessoas de fora conta alguns pontos na obtenção de confiança e autoridade com sua audiência.
  • Uma reviravolta incomum ou inesperado na narração.. Surpresas são uma ótima iniciativa para prender mais a atenção de seus leitores

Concluindo:

Uma vez que você está terminando a sua história, aproveite a atenção dos ouvintes para levar-los para um outro ambiente. Mostre uma prévia de seu produto ou serviço de forma indireta colocando os pontos positivos em evidência não seja muito direto e descarado pois você poderá perder o seu leitor, e dessa forma perderá o seu Lead (potencial cliente) que poderia se transformar em um cliente. Não coloque informação demais na sua história, seja bem claro para não parecer um mala. rsrs Após isso, deixa que se leitor tome a decisão por si só.

Ps: uma dica é oferecer uma isca digital chamativa e útil, como esta aqui e deixe rolar:

Faça infográficos expetaculares utilizando apenas o Power Point.

>>Clique Aqui para Baixar 4 Tamplates gratuitos agora<<

Finalmente … e o mais importante: Quanto mais você praticar mais hábil você se tornará. Não tenha medo de experimentar diferentes métodos. Seja criativo. Você vai aprender com suas experiências. Divirta-se e compartilhe a alegria da história.

No fim das contas, o mais importante é que você deve contar a sua história com suas próprias palavras com sinceridade e entusiasmo. Seguindo estes passos você irá dominar a arte de contar histórias que vendem para seu público – Storytelling – e assim terá mais resultados.

Related Posts

Como ser um Empreendedor Digital?

Asafe Teixeira

Estudioso do mercado de renda varíavel desde 2012, formado em administração, usa o este blog para passar seus conhecimentos e experiências para o público, que é também apaixonado por investimentos.

Website: http://www.fiquericojovem.com

3 Comentários

  1. Excelente conteúdo Asafe!! Tenho certeza que vai ajudar muito! tem muita gente que não sabe o poder do Storytelling!!

    • Opa, esta é a idéia ajudar o máximo de pessoas possível!!! Muito obrigado meu amigo Alejandro, é uma honra ter seu comentário aqui no blog… Muito sucesso em todos os seus projetos.

      Abração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *